Vida nos Estados Unidos – Ballet

aileyatbam2Eu fui uma adolescente que passava todas as tardes dançando ballet no Centro Cultural Gustav Ritter em Goiânia. Na vida adulta tentei retomar, mas confesso que achei todas as escolas de ballet (no Brasil) voltadas para o publico adulto muito caras. Conclusão: Fui parar em uma academia. #chato

Portanto, quero compartilhar um pouco da minha rotina e sugerir uma atividade diferente para ser realizada na Big Apple. Fiz uma pesquisa de várias escolas de ballet e decidi frequentar uma.

Eu testei duas escolas de dança. Uma só de ballet chamada Joffrey e outra com várias modalidades de dança chamada Alvin Ailey. Gosto muito da segunda porque você pode escolher diferentes tipos de dança: ballet clássico, hip hop, samba afro-brazilian, west africa, horton entre outras variedades. Mas confesso que até hoje só fiz o ballet.

O sistema é simples. Penso que no Brasil deveria existir algo similar. Não existe mensalidade e muito menos um preço a ser pago por frequentar o lugar. Você paga por aula e caso queira fazer mais de uma receberá um desconto por comprar um pacote com um número X de aulas. O mais interessante é que você receberá um cartão e poderá frequentar qualquer aula disponível na casa. Acordou com vontade de sambar na cara da sociedade? Pegue uma aula de samba. Quer aprender uma dança do oriente médio, vá lá e faça essa aula. Isso é maravilhoso!!!

Aula de Samba

Aula de Samba

Masala Bhangra

Masala Bhangra

ALL_ExtensionClasses_Balletwildish_930x523

Ballet

A escola tem uma estrutura maravilhosa e preços acessíveis. Para quem irá fazer somente uma aula o preço é $17,00 por uma hora e meia de aula com professores extremamente capacitados. As aulas são para adultos de todos os níveis.

Bjus, bjus.

Joffrey Ballet School

Alvin Ailey